Rua Afonso Celso, 1245 - Saúde

Fone: 11 2275-5959

cursos

Violão


Além da aula prática individual de Violão, o aluno pode freqüentar semanalmente aulas de Teoria Musical e também aulas de  Instrumento Complementar em grupo (Canto ou Percussão) sem custo adicional, totalizando até 3 aulas semanais.

Duas vezes ao ano, realizamos nosso Show de Alunos, onde  o aluno  tem a oportunidade de se apresentar em casas com estrutura de som profissional.

O violão é um instrumento de grande versatilidade, podendo atuar como solista, acompanhando um cantor ou cantora, ou nas mais variadas formações (bandas, duos, trios), em gêneros e estilos como música erudita, mpb, jazz, rock, samba, entre outros.

O violão é um instrumento de grande versatilidade, podendo atuar como solista, acompanhando um cantor ou cantora, ou nas mais variadas formações (bandas, duos, trios), em gêneros e estilos como música erudita, mpb, jazz, rock, samba, entre outros.

O curso de violão do Centro Musical Santa Cruz leva o aluno a desenvolver o conhecimento e  a técnica necessários para que ele possa tocar seja qual for seu estilo, com conciência, expressividade  e criatividade.

Técnica, repertório, leitura(cifras, partitura, tablatura e diagramas), harmonia e improvisação fazem parte do programa desenvolvido nas aulas de violão.

 

 

 

 

 

 

Quando os mouros, no século VIII, dominaram a Espanha, deixaram lá muitos dos seus hábitos e costumes. Uma das maiores influências foi justamente a música, que inspirou fortemente os diferentes aspectos musicais da Península ibérica. Instrumentos como o alaúde a vihuela, os precursores do violão, marcaram ali sua presença inicial e logo se espalharam por toda a Europa.

 

 

 O  alaúde é um instrumento de corda palhetada ou dedilhada, com braço trastejado e com a sua característica caixa em forma de meia pera ou gota. A origem das palavras alaúde e oud possivelmente remota o termo Árabe  al’ud (a madeira). Alguns investigadores sugerem também que seja uma simplificação da palavra persa rud, que significa “corda, instrumento de cordas ou alaúde” .

 O antepassado mais proximo do nosso violão, no entanto,deve ser a vihuela (daí veio o nome viola), instrumento de 5 cordas duplas, que foi  introduzido no Brasil pelos jesuítas portugueses, os quais a utilizavam na catequese.

A origem lingüística do nome “Violão” deve-se ao acréscimo do sufixo aumentativo “ão” ao termo  viola. Esse nome porém, só  é aplicado em países de Língua Portuguesa. Nos demais países o nome violão não é aplicado ao instrumento,como pode ser visto em Inglês (Guitar), Francês(Guitare), Alemão, (Guitarre), Italiano (Chitarra), Espanhol (Guitarra).
As origens desses instrumentos estão estimados em 5.000 a.C. segundo o egiptólogo italiano Ernesto Schiapparelli. As primeiras ilustrações encontradas em túmulos datam de 3.700 a.C.; figurando instrumentos de cordas dedilhados em baixo-relevos e pinturas.
Somente no final do século XIX, após sucessivas derivações, é que o luthier Antonio Torres estabeleceu o modelo que serve de refêrencia para os atuais fabricantes.

 

Rua Afonso Celso, 1245 - Saúde - São Paulo/SP (Próximo ao Metrô Santa Cruz)
Tel: (11) 2275-5959 / 2578-1551
cemusc@cemusc.com.br